É claro que você tem um compromisso com a ética, com a excelência. É claro que você tem uma tradição de serviços de qualidade, além da confidencialidade e do atendimento personalizado. É claro que você é receptivo. E é claro que isso não tem mais nenhuma relação com a diferenciação essencial.

Muitos advogados têm se expressado exatamente da mesma forma como faziam nas décadas de 80 e 90. E é claro que isso se tornou mais do mesmo. É como falar ‘uma boa relação custo-benefício’, ou ‘ser proativo’.

Mas, quando um cliente ou potencial cliente lhe conta uma história, você ao menos tenta entendê-la? 

Entendê-la a partir da perspectiva dele? Da função dele, dos desafios que a empresa dele enfrenta, que o segmento de mercado como um todo enfrenta?

Fugir dos clichês é essencial

Não e não. Muitos advogados gostam de falar de si. Do seu escritório cheio de móveis e estantes (basta olhar seus sites), dos seus eventos, mas poucos falam de como têm uma sintonia genuína com as dores e necessidades de seus clientes.

Você também está cansado de ouvir e ver clichês? Seus clientes também!

 

 

Facebook Comentários

Leave a Reply

Desenvolvendo Escritórios de Advocacia - Advoco Brasil (11) 4890-2353 - contato@advocobrasil.com.br