Temos encontrado muitos advogados com força de vontade para desenvolver uma equipe de alto desempenho. Apesar de toda ausência de formação acadêmica ou mesmo secundária, a luta para liderar, motivar e engajar outros advogados é sempre um desafio enorme. Veja 11 dicas de liderança para advogados.

1. ESTABELEÇA UM propósito claro

As pessoas precisam saber se existe um motivador maior no escritório. Que a organização se sustenta a partir de um propósito claro. Muitos escritórios avançam no mundo dos negócios jurídicos como ‘mais um na multidão’, que foca apenas na prosperidade dos sócios ou que simplesmente vivem em um sistema de ‘plantação’, ou subsistência.

Um escritório que define claramente um propósito fundamental, faz com que seja desejado pelos advogados. Todos querem trabalhar lá. Joey Reiman, escritor do livro: Propósito, resume isto como a jornada para Lancelot. Um lugar onde todos se sentem fazendo parte de algo maior. Deveria haver uma placa na parede do escritório com os seguintes dizeres:

Aqui neste escritórios nós acreditamos que colaboramos para o Brasil ser um país muito melhor. A partir de nossa atuação ajudamos a classe produtiva a avançar. Nós é quem ajudamos a fazer os negócios de nossos clientes muito melhores. Trabalhamos todos os dias para que eles sejam mais competitivos, avancem no mundo dos negócios e assim o país avança.

2. Não minta para sua equipe nunca

É muito comum vermos líderes com atitudes insinceras. Ou para manter o status-quo, ou para tirar alguma possível vantagem por não contar a verdade. Meias verdades são mentiras mal contadas. Confirme claramente que você será sincero com todos, não importa o tamanho do problema ou cinscurtâncias. Deveria haver uma placa na parede do escritório com os seguintes dizeres:

Não mentiremos para nós mesmos ou para qualquer um da equipe. Nenhum de nós tolerará quem agir desta maneira. Dependemos uns dos outros pela verdade.

3. Explique O porque das coisas

As pessoas se sentirão muito mais confortáveis em realizar um bom trabalho de souberem o “porquê” por trás das decisões. Está é uma das perguntas que os advogados mais gostam de perguntar e que os sócios menos gostam de responder, ou simplesmente ignoram. Deveria haver uma placa na parede do escritório com os seguintes dizeres:

Não temos segredos. A informação que afeta a todos nós será compartilhada com todos nós e rápido e abertamente trabalharemos para separar os fatos das percepções. Nós trabalhamos sabendo o porquê de tudo e como as informações se conectam entre nós, os clientes e os agentes jurídicos envolvidos.

4. Pense sobre o que está nele para eles

Tentar impor sua vontade sobre outras pessoas raramente funciona – é mais provável gerar ressentimentos e aversão ao seu estilo de liderança do que resultados. Você não só precisa ter um argumento muito sólido quanto ao motivo pelo qual as pessoas devem aceitar suas idéias, sugestões e agenda como se fossem uma missão pessoal, mas também precisa se certificar de que você entende que isto faz parte do crescimento e desenvolvimento da equipe.

5. Esqueça os emails de bronca! Fique cara a cara

Ouvimos outro dia de membros de equipe de um escritório: O sócio não passa de um covarde. Isto significa que o sócio não está disposto a confrontar sua equipe e dizer-lhes o que precisa ser dito. A equipe o vê como uma pessoa que evita ao máximo qualquer tipo de diálogo mais sério.

Liderar é ter conversas difíceis todos os dias. Acostume-se a isto.

Evite longas mensagens sobre coisas importantes, seja por email ou what’s app . Se é realmente importante, fique cara a cara.

6. Forme evangelizadores 

Peter Druker certa vez disse que o papel fundamental de um líder é formar outros líderes.  Se você acha que está liderando e não tem ninguém te seguindo, então você está apenas dando uma caminhada.

Os advogados precisam ser influados por você. Mas para isto, você tem que ser para eles uma inspiração. Seja por suas competências, habilidades, atitudes, ou pelo seu tesão em fazer as coisas funcionarem.

7. Aprenda sobre benchmarking imediatamente

Vemos muitos advogados participando de comissões na OAB, reuniões em outras entidades e tudo o que se vê em sua grande maioria são amenidades ou conversas rasas. Gente que se sente mais confortável destilando seu ego, ao invés de colaborar genuinamente para o desenvolvimento da classe de advogados.

Se você quer mesmo construir uma equipe de alto desempenho, veja como os melhores escritórios estão fazendo. Converse com os sócios, converse com os advogados, converse com a secretária.

Você deveria ter uma tabela com as seguintes reflexões: O que eles têm que eu não tenho? E o que nós temos que eles não têm? E mais uma coluna: O que faremos de diferente para adotar as boas práticas de mercado?

Vimos recentemente um escrtiório no nordeste que teve o reconhecimento de Melhor Empresa para se Trabalhar. Está notícia é muito impactante, para a equipe e toda a comunidade de advogados.

Se você pudesse estabelecer uma meta para este ano, esta meta deveria ser: O escritório receberá o certificado de melhor empresa para se trabalhar.

8. Faça o que eu digo, mas não faça o que eu faço não é só uma incongruência, é burrice!

Conduzir pelo exemplo é a coisa mais poderosa e persuasiva que um advogado pode fazer em um escritórios de advocacia. O inverso também é tão poderoso quanto. Corrigir as pessoas exigir que elas sigam determinado padrão e ao mesmo tempo  fazer tudo ao contrário, irá gerar nas pessoas um sentimento de revolta, aversão e principalmente, com o tempo não farão nada do que você disser.

Ser coerente é uma questão de sobrevivência. Deveria ter uma placa no seu escritório com os seguintes dizeres:

Manteremos nossa palavra. Seremos explícitos e faremos o que dissermos. Acreditamos que as palavras dos demais também serão verdadeiras.

9. Comemore as pequenas vitórias

Pequenas vitórias devem ser comemoradas. Sejam elas relacionadas ao dia a dia, como indeferimentos, vitórias jurídicas ou a aquisição de novos computadores … Não importa. Celebre.

Um dos nossos clientes comprou um quadro de avisos onde eram colados post-its coloridos sobre cada vitória alcançada pela equipe, além de um sino, isto mesmo, um sino do tipo que se coloca em barcos, desses grandes. Quando alguém batia o sino, todo o escritório sabia: Nós estamos fazendo a diferença em algum cliente. Nós estamos avançando!

10. Faça avaliações de clima formais

Transforme dados em poder! Faça anualmente uma pesquisa de clima formal. Nós costumamos adaptar a Q12 da Gallup para  avaliar a quantas anda o clima no escritório. Os sócios geralmente costumam falar: Eu conheço bem cada um aqui. Sei o que eles pensam. Mas, quando fazemos a pesquisa, em 100% dos casos os sócios ficam completamente surpresos.

Então, se você quer realmente avançar e desenvolver uma equipe de alto desempenho, utilize os dados da pesquisa de clima de forma inteligente e faça acontecer!

Deveria ter uma placa no seu escritório com os seguintes dizeres:

Nós nos preocupamos com seu equilíbrio. Sabemos que nem tudo se resume a trabalho, trabalho e trabalho. Cuidaremos uns dos outros. Realmente acreditamos que uma equipe unida pode mudar tudo. Sabemos que o escritório vai bem, se você vai bem. 

11. Você precisa acreditar

Como seu escritório pode ter sucesso se você não tiver entusiasmo pela causa? Por isto o propósito é tão importante. Se você não demonstrar energia todos os dias, não irá inspirar ninguém. As pessoas só seguem líderes inspiradores.

É fato que existe uma solidão natural nos líderes. Muitas vezes o peso das responsabilidades, das pressões e tudo o mais, faz com que o fardo do dia a dia seja bem pesado. Contudo, a decisão por liderar não é mais uma escolha de sim ou não, mas uma missão de vida permanente.

O escritório que tem uma equipe de alto desempenho constrói uma organização muito mais sólida e preparada para lidar com os desafios que se impõem atualmente.

 

por André Medeiros – sócio na Advoco Brasil há mais de vinte anos lutando para aprender a liderar.

Facebook Comentários

Leave a Reply

Desenvolvendo Escritórios de Advocacia - Advoco Brasil (11) 4890-2353 - contato@advocobrasil.com.br