E lá vai você dirigindo pela estrada, sintoniza uma rádio ou uma playlist qualquer e ouve uma canção pela primeira vez.

Por algum motivo aquela música fica na sua cabeça.

No dia seguinte, você a ouve de novo. Aí então repara quem é a cantora e se lembra do seu nome.

Dias depois dirigindo para o trabalho,  você ouve a canção novamente, mas desta vez começa a cantarolar o refrão e logo na sequência marca aquela canção e a cantora como favoritas na sua playlist.

Veja, foi preciso que você ouvisse a canção umas oito vezes para assimilar a mensagem da letra e sua harmonia, mas finalmente assimilou.

Agora imagine: E se a cantora mudasse constantemente a letra e a melodia?

Do que você se lembraria? De quase nada!

Você não se lembraria de quase nada se a cantora mudasse o tempo todo a letra e a melodia!

O que isso diz sobre a forma como você se comunica? O que diz sobre a forma como você se posiciona?

Você muda as palavras, a melodia,  de quem você é?

Se você fizer isto, do que as pessoas se lembrarão? Pelo que elas o conhecerão?

Depois que você disser uma coisa, repita-a várias e várias vezes!

Facebook Comentários

Leave a Reply

Desenvolvendo Escritórios de Advocacia - Advoco Brasil (11) 4890-2353 - contato@advocobrasil.com.br