Alinhamento de Sócios

O alinhamento é mais importante do que a própria estratégia

Como lidar com a falta de alinhamento, as limitações, ansiedades, perdas de controle, egos inflados e a falta de visão dos sócios?

Gerenciar e liderar um escritório de advocacia é um desafio muito mais complexo e difícil hoje do que há décadas, e isto não tem nada a ver com habilidade de liderança em si, mas também sobre lidar com as limitações, ansiedades, perdas de controle, egos inflados e a falta de visão do outro.

A boa prática é ter papeis e responsabilidades bem definidos

Os melhores escritórios de advocacia tem os papeis e responsabilidades muito bem definidos.

O mundo em que vivemos exige sócios-líderes. Gente muito focada, muito auto-motivada e muito disciplinada.

Sócios que sabem onde querem chegar, onde o escritório pode chegar. Sócios que não irão vacilar. Gente madura, que entende de estratégia empresarial e sem mi-mi-mi.

O foco tão amplamente defendido e necessário, mudou! O alinhamento é mais importante do que a própria estratégia.

O foco mudou de tarefas e estruturas gerenciais internas para desafios de liderança e enfrentamentos externos.

Duas dinâmicas convergiram para forçar essa mudança - um ambiente altamente competitivo, bem como a necessidade de fazer a “firma de advocacia” sobreviver e deixar um legado.

Os melhores escritórios definem antes de mais nada o alinhamento de sócios. Alinhamento de sócios é como estabelecer um contrato de casamento, para constituir uma instituição sólida, com futuro.

Feita para durar e durar em harmonia.

O único caminho para fazer qualquer estratégia acontecer é com sócios alinhados em uma visão de futuro uníssona.

De nada adianta ter um sistema de gestão do último tipo, advogados muito bem formados e bons trabalhadores, uma estratégia bem definida, se os sócios não estão alinhados em uma visão de futuro uníssona, factível e com papeis e responsabilidades bem definidos.

Gente sabendo o que fazer, quando fazer, como fazer e principalmente, porquê fazer! Na próxima segunda-feira!

O que fazemos na prática

Ferramentas aplicadas aos sócios

Ferramentas aplicadas à equipe

Ferramentas aplicadas ao escritório

Entenda melhor os benefícios colaterais:

Sócios alinhados em uma visão uníssona sobre o que cada um tem que fazer para que as estratégias saiam do papel e principalmente como cada um irá colaborar com suas competências, habilidades, atitudes sobre as possibilidades reais para que o escritório avance.

É preciso que os sócios coloquem os ‘fantasmas’ pra fora, falem o que pensam sobre os demais membros da sociedade, com liberdade, com maturidade e com orientação.

Principalmente para não criar mal-estar, ou ruídos desnecessários. Mas, entender que, para a sociedade avançar em novos padrões, é preciso saber como será a colaboração genuína de cada um.

Contate-nos para entender melhor como é nossa atuação prática.

O ponto crítido do alinhamento de sócios

Entenda que o alinhamento não é sobre concordar com tudo, a divergência de ideias é importante, contudo, quando falamos de negócios é importante saber o papel de cada um para que os objetivos sejam alcancáveis